Bola de cristal

sonhar-com-tsunami

Um vidente, que supostamente previu a queda do avião da Chapecoense, afirma que de 22 de dezembro a 5 de janeiro Bahia, Ceará, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul serão atingidos nas áreas costeiras por uma onda gigante e violenta. Argumentando que o planeta está doente e que a natureza cobra o preço da degradação ambiental, o lunático (?) vidente diz que o motivo seria a transição planetária.

Num vídeo que circula na internet o vidente conta que essas informações foram repassadas a ele por amigos do “mundo espiritual” e pede às pessoas que evitem, nesta época de festas, as cidades litorâneas dos citados estados. Geólogos garantem que a previsão é uma bobagem, pois para haver um tsunami seria necessário um choque das placas tectônicas do Oceano Atlântico, entre a América do Sul e a África. Esse movimento, segundo eles, não acontece nas placas dessa área.

“Caso gerado um tsunami na Cordilheira Oceânica ou na Dorsal, onde ocorre a divergência nas placas tectônicas, esse maremoto não vai gerar ondas sísmicas de alta intensidade”, defende Norberto Honr Filho, Dr. em Geociência.

Outros motivos para gerar um tsunami seriam a queda de meteoros, deslocamento de grandes geleiras ou até mesmo erupções vulcânicas, sendo essa última a possibilidade mais discutida entre os cientistas desde que o vulcão Cumbre entrou em atividade nas Ilhas Canárias.

O negócio então é passar as festas no dormitório do Sôni do Pinheiral, a 20km do “centro” de Major Gercino. Lá é bem alto e o tsunami não chega. A “pousada” tem dois quartos que possuem até banheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>