Denúncia

Recebi a visita de uma cidadã se queixando da formação de um cartel numa determinada cidade. Segundo ela, todos os engenheiros que atuam nesse munícipio e cidades vizinhas combinaram um preço único para a elaboração e execução de projetos de engenharia. O valor seria de R$ 35,00 o metro quadrado. Exemplo: o projeto de uma casa de 100 m2 ficaria em R$ 3,5 mil só para o engenheiro. Estão fora deste calculo o alvará, a CREA, INSS, etc. Acontece que na mesma localidade existem profissionais dessa área que constroem por R$ 15,00 ou R$ 16,00 o m2. Pelo mesmo projeto eles cobram R$ 1,5 ou 1,6 mil.

Pelo que me foi relatado, o caso deveria ser levado ao conhecimento do Ministério Público uma vez que o problema não para por aí. Um dos líderes do movimento de cartelização seria funcionário da prefeitura da dita cidade e responsável pela análise dos projetos apresentados pelos engenheiros que não participam desse conluio. Quando o projeto bate na sua mesa vai para o fundo de uma gaveta e fica lá trancado, até esgotar o prazo de avaliação ou a espera da intervenção de alguém junto ao prefeito.

Desnecessário dizer que isso é crime e que merece ser assim tratado, principalmente por uma particularidade: esse engenheiro da tal prefeitura também trabalha para iniciativa privada, ou seja, desenvolve projetos de engenharia para terceiro. Será que na prefeitura os seus projetos passam pelas mesmas dificuldades que os de quem está fora do cartel? Não é difícil os interessados descobrirem.

É uma denúncia muito grave!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>