Hoje conheceremos os futuros ocupantes da Prefeitura de Tijucas

Na manhã desta terça–feira, no auditório do Sebrae de Tijucas o prefeito eleito Elói Mariano Rocha concederá uma entrevista coletiva a imprensa regional, onde anunciará o nome dos futuros ocupantes do primeiro e segundo escalões da Prefeitura de Tijucas a partir de 2017.

Nos corredores do poder os rumores são de que alguns nomes já estariam definidos: além de Hélio Gama, Administração e Finanças, e o vice Adalto Gomes na Secretaria Obras, teríamos Neide Regis na Educação, o vereador Tem na Saúde, Marinho Adriano na FME, a noiva de um empresário dos transportes no Procon, Jil de Oliveira no Desenvolvimento Econômico, entre outros.

Cura para os dependentes químicos

Você já ouviu falar de um tratamento que pode curar o vício de drogas pesadas? Ou pelo menos já escutou alguém falar sobre a ibogaína? Sabe o que é?

Ibogaína é o princípio ativo da raiz da iboga e já é usada em algumas clínicas brasileiras. Trata-se de um alcalóide indólico enteogênico capaz de antagonizar e anular a ação de uma série de alcalóides ou compostos orgânicos nitrogenados de intensa bioatividade sobre o cérebro, como a cocaína, heroína e morfina.

A ibogaína é talvez a droga alucinógena mais impressionante de que se tem notícia. Não bastassem seus efeitos avassaladores sobre a consciência – induz o coma, provoca visões e muda a vida de quem a consome, segundo eles mesmos – essa raiz africana pode curar a dependência de outras drogas.

Ela é uma das substâncias mais perigosas que se conhece – muita gente já morreu por sua causa.

A iboga é utilizada na África Central no tratamento de depressão, picada de cobra, impotência masculina, esterilidade feminina, Aids e também como estimulante e afrodisíaco.

Existem vários registros de cura da dependência de cigarro, maconha e álcool com a iboga. O problema é que os informantes não contam bem como preparam e usam a planta. Tem uma parte do conhecimento que fica sempre em segredo.

O ritual de iniciação, no qual a substância é ingerida, dura três dias. Na abertura, o candidato confessa todos os seus pecados e toma um banho ritual. Depois ele come em jejum até meio quilo da planta, que nem um cabrito. Um grupo o acompanha cantando e dançando noite adentro. A iniciação tem como objetivo induzir um coma. De acordo com os praticantes, em algum momento o espírito sai do corpo e viaja para o ‘lado de lá’. Ou seja, visita o mundo dos mortos.

É isso… Quanto mais a gente sabe, mais precisa aprender!…

Penitenciária em Tijucas

Há algo de muito importante a ser dito sobre a penitenciária a ser construída em Tijucas, mas quero fazer isso de uma forma bem clara pra depois não ficar o dito pelo não dito: para qualquer edificação no território tijuquense existem regras e para Tijucas há uma especial, aprovada pela Câmara de Vereadores no mandato do prefeito Bebeto Ternes. Ela prevê que qualquer construção com mais de 750m2, mesmo na área rural, precisa ser aprovada pelo Poder Legislativo e Departamento de Edificações da prefeitura. E isso não aconteceu.

O PMDB, que tem o vice-governador do Estado nas fileiras do partido, inclusive postulando ser o candidato da agremiação à sucessão de Raimundo Colombo em 2018, não conseguiu barrar a ordem de serviço assinada na terça-feira. Do PMDB não podemos esperar a reversão dessa situação.

A única esperança está depositada agora nas mãos do PSD, partido do governador e do prefeito eleito de Tijucas. importante frisar que o professor Elói não tem nenhum compromisso em impedir essa obra, mas com o acesso que tem o PSD de Tijucas junto ao deputado Gelson Merísio, talvez um milagre aconteça. E Tijucas precisa deste milagre!…

Nominata

Nenhum prefeito da região divulgou ainda a nominata completa do seu futuro secretariado, mas sabe-se que está rolando o maior troca-troca da paróquia nos municípios do Vale e Costa Esmeralda. É um tal de cá pra lá e de lá pra cá que ninguém entende. Aliás, entende sim: serviço público está em baixa, tanto no que se refere a salários, quanto à imagem.

Wesley Safadão em BC

wesley-safadao

O ano de 2017 começa agitado em Balneário Camboriú, com um super show de Wesley Safadão, no dia 1º de janeiro. Após apresentações esgotadas em Blumenau e Florianópolis, o fenômeno musical vem pela primeira vez a Balneário Camboriú, onde mostra o seu novo repertório. O show acontece no Music Park BC, com abertura dos portões marcada para 21h.

O show do artista traz as novidades do projeto recém-lançado ‘WS Em Casa’, como as canções Tô Solteiro De Novo e Meu Coração Deu PT, que estão entre as músicas mais tocadas nas rádios de todo Brasil atualmente. Mas o cantor também não pode deixar de relembrar os sucessos que o levaram a conquistar o Disco de Platina no último ano, como Camarote, Coração Machucado, A Dama e o Vagabundo e Tim Tim, entre outras surpresas preparadas especialmente para o público do Sul do País.

Os ingressos antecipados estão atualmente no segundo lote, à venda pelo site Blueticket e toda rede de lojas Multisom. Ingressos também estão disponíveis na bilheteria do Music Park BC, até às 19h do dia do evento.

Militarismo no Brasil?

21-e1372084622408
Nas manifestações do último final de semana, quando milhares de pessoas foram às ruas protestar contra as alterações no projeto de lei que trata de medidas contra a corrupção envolvendo parlamentares, muita gente falou em intervenção militar no Brasil. O país não tem boas lembranças do período da Ditadura Militar de 1964-1985, porém as novas gerações também não suportam mais a roubalheira em que vivemos.

O pedido de intervenção militar leva em conta a possibilidade de dissolver o Senado da República, a Câmara Federal, as assembleias legislativas, as câmaras de vereadores e apear do cargo os prefeitos reeleitos em todo o Brasil. Eles, senadores, deputados, vereadores e prefeitos, seriam então substituídos por militares, que receberiam a incumbência de caçar os direitos políticos de todos que estão no poder e realizar novas eleições, com um formato de Administração Pública menos oneroso para a nação.

Como já disse em outras oportunidades, o dinheiro que se gasta com o pagamento de vereadores e assessores é um absurdo. São mais de 60.000 vereadores no Brasil, ganhando em média R$ 7 mil mensais. Isso dá R$ 420 milhões por mês, ou seja, mais de R$ 20,8 bilhões por mandato. Incluindo as despesas com servidores e manutenção das câmaras municipais, os gastos ultrapassam os R$ 50 bilhões.

Para um país que precisa mudar a legislação previdenciária para garantir o pagamento dos aposentados, eis aí uma parte da solução. O Poder Legislativo Municipal poderia funcionar como era até 1972, quando os vereadores não recebiam salários. E o que é mais importante: os candidatos eram pessoas sérias, comprometidas com o bem comum, e não se ouvia falar em roubalheira, desvios ou pagamentos ilegais disso ou daquilo. Portanto, a ideia de uma intervenção militar não é tão ruim quanto pregam as aves de rapina.

Vestibular da UFSC

O Vestibular da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será realizado nos dias 10, 11 e 12 de dezembro de 2016 (sábado, domingo e segunda-feira) em 23 cidades catarinenses.

As provas ocorrerão sempre no horário das 14h às 18h e os portões de acesso estarão abertos das 13h às 13h45min. Informações sobre o concurso podem ser obtidas no site www.vestibular2017.ufsc.br ou pelo telefone (48) 3721-9200.

A Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) alerta aos candidatos para que:
– Confiram com antecedência o local de prova (cidade, endereço e grupo);
– Cheguem com antecedência aos locais de prova (os portões fecham às 13h45min nos três dias);
– Estejam portando:
– Original do documento de identidade informado na inscrição;
– Confirmação de Inscrição Definitiva;
– Caneta esferográfica de tinta preta (preferencialmente) ou azul, fabricada em material transparente.

A UFSC oferece 4.590 vagas (correspondendo a 70% do total de vagas ofertadas pela instituição para 2017/30% do total de vagas são para ingresso via Sistema de Seleção Unificada (Sisu) em 101 opções de cursos distribuídos nos cinco campi da instituição: Araranguá, Blumenau, Curitibanos, Florianópolis e Joinville.

Neste ano estão inscritos 33.806 candidatos, dos quais 986 fazem o vestibular por experiência. No concurso anterior foram 36.738 inscritos, dos quais 1.420 o fizeram por experiência.

A campanha do Vestibular deste ano estampa a frase “Aqui tem Diversidades”, que sinaliza o compromisso social da instituição – o de defesa da diversidade humana – na busca da convivência saudável, integrada e, principalmente, inclusiva no ambiente universitário.

Cursos mais procurados na classificação geral
Medicina ainda é o curso mais concorrido, com 7.541 inscritos, resultando na relação geral de 215,46 candidatos por vaga. Os outros nove cursos mais procurados são: Direito – Diurno (46,26); Arquitetura e Urbanismo (43,57); Nutrição (41,88); Direito – Noturno (39,74); Psicologia – Bel/Lic – Diurno (39,26); Cinema – Bel – Diurno (35,20); Engenharia Química – Diurno (31,94); Odontologia (31,89) e Engenharia Civil – Diurno ( 28,79).

A relação candidato/vaga de todos os cursos, por modalidade do Programa de Ações Afirmativas (PAA), está disponível em relação candidato/vaga.
Divulgação do Índice de Abstenção e dos Gabaritos

O índice de abstenção será divulgado diariamente, ao final das provas. Os gabaritos serão divulgados a partir das 20h do dia 12 de dezembro (segunda-feira) no site www.vestibular2017.ufsc.br.

Eletrônicos devem ficar desligados
Durante a realização das provas não poderá ocorrer: comunicação de qualquer tipo entre candidatos, porte/uso de material didático-pedagógico, de telefone celular, relógio (qualquer tipo), controle remoto, armas, boné, óculos escuros, calculadora, tablet, pen drive, mp-player, iPod, iPad ou qualquer tipo de aparelho eletrônico.

A Coperve recomenda que o candidato evite levar para o local de prova esses objetos ou seus similares. Caso compareça portando algum desses, eles deverão ser envelopados, identificados e deixados à frente na sala, antes do início da prova.

Provas
1ª Prova
10 de dezembro (sábado)

– Língua Portuguesa e Literatura Brasileira ou Libras (12 questões de proposições múltiplas);
– Segunda Língua: Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Italiano, Libras ou Língua Portuguesa e Literatura Brasileira (8 questões de proposições múltiplas);
– Matemática (10 questões de proposições múltiplas e/ou abertas);
– Biologia (10 questões de proposições múltiplas e/ou abertas).

2ª Prova
11 de dezembro (domingo)
– História (10 questões de proposições múltiplas);
– Geografia (10 questões de proposições múltiplas);
– Física (10 questões de proposições múltiplas e/ou abertas);
– Química (10 questões de proposições múltiplas e/ou abertas).

3ª Prova
12 de dezembro (segunda)

– Redação;
– 4 Questões Discursivas.

Matrículas dos candidatos classificados
Todos os candidatos classificados dentro dos limites das vagas oferecidas para cada curso de graduação, independentemente do semestre letivo de 2017 em que iniciarão o curso, deverão realizar a matrícula inicial obrigatoriamente em duas etapas sendo a primeira online e a segunda presencial (pessoalmente ou mediante procuração particular), conforme datas, horários e procedimentos especificados na portaria de matrículas disponível no site do vestibular.

Orientações aos veículos de comunicação
A Coperve alerta, por exemplo, que não haverá acesso de jornalistas aos locais de aplicação das provas e não será permitido fotografar ou gravar imagens dentro desses locais.

O contato com os candidatos só poderá ser feito antes ou após a prova, que se inicia às 14h (com fechamento dos portões às 13h45min) e se encerra às 18h.

O campus Florianópolis, no bairro Trindade, é o local que congrega maior número de candidatos. Todas as salas de aula serão utilizadas para o concurso. Na capital, o segundo local de maior concentração de candidatos é o Instituto Estadual de Educação (IEE).

As informações relativas ao andamento do concurso, como índice de abstenção, serão disponibilizadas no site www.vestibular2017.ufsc.br e divulgadas pela Agência de Comunicação (Agecom) da UFSC que fará plantão nos dias do concurso. No caso de emissoras de TV que pretendem realizar transmissões ao vivo, o local sugerido é a Praça da Cidadania, em frente à Reitoria.

Proibição de instalação de tendas

A Administração Central da UFSC comunica que, durante o Vestibular não será permitida a instalação de barracas e/ou outras estruturas por colégios, cursos pré-vestibulares e afins, em nenhum dos locais de aplicação de provas.

Mais informações pelo site www.vestibular2017.ufsc.br.

Polêmica no pedágio de Ganchos

21548152
A Subseção Regional de Biguaçu da OAB/SC emitiu parecer contrário a implantação de pedágio nas entradas do município de Governador Celso Ramos. Segundo a OAB, a lei infringe a Constituição Federal e a Carta Magna do Município.

A polêmica decisão surgiu em 2015, inspirada no pedágio de Bombinhas. No ano passado o prefeito vetou o projeto criado pela Câmara de Vereadores, mas, agora, reeleito, Juliano Duarte Campos encaminhou ao Poder Legislativo um projeto do Poder Legislativo. Nessa segunda-feira (05), com cinco votos a favor e quatro contra, a Câmara de Vereadores aprovou o projeto em primeira votação.

A prefeitura enfrenta protestos da população e dos empresários de veraneio, que veem no pedágio uma maneira de afugentar os turistas. Por conta disso os parlamentares da comissão de constituição e justiça reduziram os valores inicialmente propostos pela Administração Municipal: as motos passaram de R$ 10,00 para R$ 5,00, automóveis de R$ 25,00 para R$ 20,00 e ônibus de R$ 150,00 para R$ 120,00.

Para entrar em vigor a lei depende de uma segunda votação na Câmara Municipal o que pode ocorrer na próxima segunda-feira (12) e posterior sanção do prefeito. Depois disso a prefeitura precisará abrir uma concorrência pública para contratar uma empresa que implantará e coordenará o sistema na cidade.

Outra medida imposta pelos legisladores foi o período de validade da cobrança. O prefeito queria o ano inteiro, mas a Câmara decidiu que será apenas de novembro a abril. Considerando os prazos para todas as medidas pertinentes, é praticamente improvável que a cobrança inicie em 2017, mesmo com o prefeito cheio de pressa.

Nesse meio de campo ainda resta saber a decisão final do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, onde está em andamento a votação da legalidade do pedágio de Bombinhas. O recurso impetrado pelo Ministério Público está com pedido de vistas solicitado por um dos 23 dos desembargadores, que pediu para analisar melhor a ação, mas em plenário o placar já é de seis votos contra e cinco a favor, restando a manifestação de 12 desembargadores.

Novo desfecho da Operação Iceberg

Já escrevi aqui que não iria falar mais sobre a questão das polêmicas diárias da Câmara de Vereadores, cujos processos correm em “segredo de justiça”, mas como nos corredores do poder rolam novidades, vamos aos fatos:
Na semana passada o Poder Judiciário declarou a “indisponibilidade” dos bens de alguns vereadores e de vários servidores daquela casa de leis. Tentamos contato com as autoridades competentes para saber o motivo da medida não atingir todos os envolvidos no caso, porém o regime de tramitação impede a obtenção de respostas. Uma fonte revelou apenas que cada processo tem diferentes defensores e que o juiz age de acordo com o que está escrito na defesa dos acusados. Até o fechamento desta edição, por exemplo, os clientes do Dr. Márcio Rosa não tinham sofrido essa mesma sanção.
Pode ser que isso seja apenas o começo das providências a serem adotadas pela Justiça em relação à Operação Iceberg, que, ao requerer a indisponibilidade dos bens, está garantindo meios para que quem recebeu diárias indevidas devolva o dinheiro aos cofres públicos. Se essa grana saísse antes do final do ano amenizaria o sufoco da Prefeitura para passar a régua.