Sinuca de bico

O vereador Edson José Souza (PMDB) provocou um tremendo alarido na Câmara Municipal de Tijucas. No dia 20 o parlamentar apresentou uma proposta, através de projeto, para reduzir em 60% a remuneração de todos os membros do Poder Legislativo. Os salários brutos, de R$ 6 mil, passariam para R$ 2,4 mil. Para que isso aconteça é necessário que a maioria absoluta dos vereadores, ou seja, sete votos, sejam favoráveis a proposta, que pode ser votada a qualquer momento, dependendo apenas do interesse do plenário e da mesa diretora. Se o presidente não quiser o projeto pode nem ir à votação neste ano. Existem normas regimentais para isso.

E você, acha que passa o projeto?

Confira a entrevista com o vereador Edson Souza no link: http://bit.ly/1LG1wBr

Comédia

Já falei sobre este assunto outras vezes, mas como a fiscalização é surda, cega e muda, vou insistir novamente. Falo da pouca vergonha em se permitir pedágios velados nas sinaleiras de Tijucas. É o carro parar e a peãozada atacar.

Há duas semanas havia um cidadão pedindo uma contribuição de R$ 2,00 em troca de um adesivo para veículos, alertando sobre o consumo excessivo de álcool. Perguntei a ele se possuía autorização da prefeitura e que entidade representava, mas o espertalhão saiu fora. Isso foi na sinaleira da Santa Rita.

Na semana seguinte parramos no semáforo do Posto Chiquinho e lá estava novamente o cabra, dessa vez cobrando R$ 2,00 por um adesivo abordando a questão das drogas. Fiz a mesma pergunta da semana anterior ele me respondeu o seguinte:

“Cuida da tua vida, que eu cuido da minha”. O que é que eu posso dizer diante dessa situação?

Almoço da Pátria

A Associação Casa Irmã Dulce, entidade que hoje administra o Lar Santa Maria da Paz, convida a comunidade em geral para o 2º Almoço da Independência, que acontece no dia 07 de setembro, no Salão Paroquial São Sebastião, junto a Igreja Matriz de Tijucas. A comida será servida a partir das 11h e a renda revertida para o nosso asilo dos velhinhos.

De acordo com os organizadores, o cardápio terá galinha com polenta, galeto, aipim, diversas saladas e farofa. O preço é de apenas R$ 20,00 por pessoa e os ingressos estão disponíveis na secretaria da Igreja Matriz, na recepção do Lar Santa Maria da Paz e com os voluntários que estão visitando as residências e os estabelecimentos comerciais da cidade.

Informações pelo fone (48) 3263 1176.

Imóvel no Sul do Rio

Lembra quando escrevemos que a valorização das terras do Sul do Rio é fato consumado? Sabias que a Fatma autorizou o funcionamento de uma fábrica de bebidas não alcoólicas, provavelmente sucos e refrigerantes, na rua José Laranjeira? Se você tem imóveis no Sul do Rio pense 10 vezes antes de vendê-los a qualquer preço.

Mineração

Quando digo que no Vale existem vários requerimentos junto ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), principalmente em locais montanhosos e com fartura de água, destinados a pesquisa de jazidas ou veios de ouro e pedras preciosas, tem gente que fica rindo, achando que isso tudo é ficção. Para os extratores do Vale só o que o DNPM licencia são áreas para extração de areia e argila, o que é um equívoco.

Antigamente a maioria das pessoas nem desconfiava de veículos particulares que percorriam os interiores, levando gente com roupas apropriadas para andar no mato com um pequeno equipamento eletrônico detector de metais, mas hoje os produtores rurais ficam só de olho nesse povo. E dizem que não são poucos casos que se deparam no dia a dia nas comunidades interioranas.

Pode ser que não tenha nada haver, mas descobri em minhas leituras que no estado de Minas Gerais, onde em séculos passados tudo era riqueza, o melhor ouro e as mais valiosas pedras preciosas eram encontrados em Diamantina. E sabe como se chamava aquela região antes de se tornar uma Vila? Arraial do Tijuco. Embora existam várias cidades no Brasil relacionadas à Ty-yuca, que significa “lama negra”, essa história toda dá o que pensar. Ou não?…

Estelionato

Recebemos de um internauta uma grave denúncia que merece registro. Segundo ele, uma construtora que atuava no centro de Tijucas aplicou vários golpes na cidade, vendendo imóveis que não possuía e contratando a construção de casas que jamais saíram do projeto.

Segundo o denunciante a empresa depois se mudou para as proximidades do Senai e mais tarde desapareceu da cidade, deixando um prejuízo ainda não calculado. Ele reclama que as vítimas iam até a delegacia e o boletim de ocorrência era registrado como desacordo comercial, motivo pelo qual se tornou necessária à contratação de advogados para defender os interesses de quem foi lesado financeiramente. É indiscutível que isso é estelionato, porém é sempre bom lembrar que negociar com estranhos é correr riscos. Existem várias construtoras e construtores conhecidos na cidade e quando se trata de negócios de valor elevado o certo é tratar com quem tem Pedigree.

Novo golpe

Você chega no banco para sacar dinheiro, insere o cartão na máquina e ele fica trancado. Isso acontece fora do expediente dos bancários, finais de semana e feriados. De repente aparece um anjo bom, uma pessoa que lhe pergunta o que está acontecendo e indica o adesivo do telefone 0800 colado na máquina. A pessoa se prontifica a ajudá-lo. Começou o golpe.

Primeiro a pessoa faz de conta que está ligando para o 0800, que na verdade é um outro golpista do bando. Na outra ponta da linha pedem o nome do cliente, CPF, número da conta e a senha. O primeiro golpista sai com o correntista para a rua e o terceiro elemento entra na sala do caixa eletrônico, tira um dispositivo que bloqueia a passagem do cartão e desaparece com tudo. O primeiro estelionatário fica o tempo todo ao lado do cliente. Quando voltam para dentro da agência o cartão não está mais. Então vem o golpe final: o cliente é informado que deverá voltar ao banco no horário de expediente e pegar o seu cartão de volta.

Depois que os dois se despedem os golpistas vão a outras agências e limpam a conta do correntista. Quando descobrem o golpe já é tarde demais.

Perigo

Todo mundo sabe que é proibido, mas talvez muitos pais não saibam o que está acontecendo. Falo do cerol, aquela mistura cortante de vidro moído e cola que se passa na linha com que se empinam pipas. Há alguns dias uma dessas apareceu na cobertura do prédio onde resido e fiquei realmente preocupado.

O cerol é uma brincadeira de mau gosto e resultados trágicos. Em qualquer parte do corpo que pegar causa sérios ferimentos, mas as grandes vítimas geralmente são os motoqueiros e ciclistas, que na velocidade não conseguem visualizar a armadilha que pode degolá-los.

Então, senhores pais, é extremamente importante conscientizá-los de que o cerol está por fora.