Estelionato

Fiquei comovido com a história de um corretor de imóveis que teria sido denunciado na Delegacia de Polícia e no Ministério Público por estelionato. Aliás, a informação é de que na Promotoria de Justiça já existem quatro casos que deverão ser encaminhados para o Judiciário, acatando a proposição de processos contra o dito cidadão.

Digo que fiquei comovido porque é muito bom para a imagem da cidade ter um corretor de imóveis enganando as pessoas, tomando dinheiro dos incautos pela venda de imóveis que não existem ou que não podem ser vendidos e depois mandando suas vítimas as favas. Dizem que ele fala assim: “Vai procurar os teus direitos”. E assim vai levando a sua vidinha de trapaceiro.

Uma das suas vítimas me contou que ele ameaçou o coitado de morte se fizesse algum tipo de denúncia. Será que ele vai realmente matar o cabra ou a ameaça era mais uma enganação?…

Título de Cidadão Honorário Batistense

Lastimável a decisão da Administração Municipal de São João Batista em não incluir na programação de aniversário da cidade a Sessão Solene do Poder Legislativo, na qual foi concedido ao empresário Laudir Kammer, dono da Via Scarpa e sócio da Construtora Kammer, o título de Cidadão Honorário Batistense.

Laudir Kammer é hoje um dos mais destacados empresários de toda a região e Daniel Netto Cândido hoje é prefeito pelas suas mãos. Se quisesse Laudir botaria até uma bicicleta de candidato na última eleição e a sua coligação venceria o pleito. Aí tem duas explicações: ou o prefeito está metendo os pés pelas mãos ou está sendo muito mal assessorado.

Comenta-se a boca pequena que Laudir não estaria encrencado com o prefeito Daniel, o que não concorda é com determinadas ações e atitudes. Dizem que a solução desses empasses virá junto com o apoio de Pedoca a coligação que elegeu Daniel Netto Cândido. Dizem que na reeleição Pedoca será o vice de Daniel.

Arrepiando

É grande a correria do empresariado para enxugar os custos operacionais e gastos das suas empresas em todo o Brasil, no entanto alguns estados, mesmo diante dessa tranqueira da economia que deve se arrastar por mais alguns meses, estão oferecendo facilidades para a instalação de empreendimentos nos seus territórios. Somente Tijucas pelo menos três empresas foram sondadas por representantes de estados do centro-oeste do Brasil para mudarem de endereço. Felizmente ninguém aceitou.

Por outro lado, são fortes os rumores de que uma empresa estabelecida no centro de Tijucas está preparando as malas, pronta para se estabelecer no Paraguai. Não sei qual a vantagem dessa mudança, já que los hermanos del chaco vendem tudo a preço de banana.

Seria um plano B contra a Receita Federal?

Preocupante

Informações vindas de Porto Belo dão conta de que a mais tradicional empresa da cidade, a indústria de pescados Pioneira da Costa, estaria dispensando aos poucos seus funcionários para fechar as portas. É lamentável, mas pelo que se tem conhecimento à notícia tem um fundo de verdade.

Segundo relato de proprietários de imóveis de locação da cidade várias casas, quitinetes e chalés foram desocupados de uma hora para outra, sem qualquer aviso prévio. O motivo teria sido a demissão da Pioneira ou de empresas terceirizadas.

E o pior é que fora da temporada de veraneio não há muitas opções de trabalho na Capital dos Transatlânticos.

Vícios

Tudo que vicia, de acordo com Luiz Fernando Veríssimo, começa com a letra C! De drogas leves a pesadas, bebidas, comidas ou diversões. Começamos pelo cigarro que causa mais dependência que muita droga pesada. Depois vem cocaína, crack e maconha. Vale lembrar que maconha é apenas o apelido da Cannabis sativa.

Entre as bebidas super populares estão a cachaça, a cerveja e o café. Os gaúchos até abrem mão do vício matinal do café, mas não deixam de tomar seu chimarrão.

Por que a Coca-Cola vicia e a Pepsi não? É que a Coca tem dois cês no nome enquanto a Pepsi não tem nenhum. E o computador e o chocolate? E o sal? É cloreto de sódio. E o açúcar que vicia é aquele extraído da cana.

Algumas músicas também causam dependência. Vejamos a popularização do “créeeeeeu”. Nesta altura, você pode estar pensando: sexo vicia e não começa com a letra C.

Pois você está redondamente enganado. Sexo não tem esta qualidade porque denota simplesmente a conformação orgânica que permite distinguir o homem da mulher. O que vicia é o “ato sexual”, e este é denominado coito.

E quando o coito é entre dois homens? Como é mesmo o apelido do órgão sexual do ativo e do passivo?

Grandes parceiros

Não poderia deixar de registrar aqui os nossos cumprimentos à equipe da Odontoquality, enviando um fraternal abraço a toda a equipe de profissionais odontólogos, assistentes, recepcionistas e pessoas da retaguarda. Vocês estão colhendo o que plantaram e se esses 15 anos foram de sucesso, daqui para frente será ainda melhor.

A Odontoquality é uma grande parceira do Jornal Razão, não apenas como anunciante, mas também em outras iniciativas, e por isso nos orgulhamos de contar com a amizade dessa valorosa equipe, hoje atuante na Grande Florianópolis e Vale do Rio Tijucas.

Curtam esse Jubileu de Cristal com muito ardor e sentimento de dever cumprido. Vocês são sensacionais!

Terras de marinha

Na tarde de quarta-feira (08) o deputado federal Marco Tebaldi foi eleito vice-presidente da Comissão Especial que discute a extinção dos terrenos de marinha no litoral brasileiro.

A Proposta de Emenda Constitucional que será debatida na comissão é a PEC 39 de 2011, que extingue o instituto jurídico do terreno de marinha (nome dado aos terrenos situados na orla marítima de toda a costa brasileira e nas margens de rios e lagos). Pela Constituição, essas áreas pertencem à União, que cobra pela sua utilização. Conforme a proposta, a grande maioria dos terrenos, que hoje é ocupada por particulares, pode ser transferida em definitivo para os ocupantes, talvez com o pagamento de algumas “taxinhas”.

Após os trabalhos da Comissão, um relatório será emitido para a votação no Plenário, em dois turnos.

Diferenças

Um cidadão questionou sobre os critérios que adotamos para a produção do livro “Diferenças – Os segredos de gente que faz”. Respondi que essa informação está registrada na própria obra, mas encontrei uma resposta melhor nos meus arquivos:

– Diga o nome das cinco pessoas mais ricas do mundo.

– Diga o nome dos cinco últimos ganhadores do prêmio Nobel, aquele dado para quem se destaca na ciência, economia, assuntos da paz.

– Agora diga o nome das cinco últimas Miss Universo.

– Dê agora o nome de dez ganhadores de medalha de ouro nas Olimpíadas.

– E para terminar, os últimos 12 ganhadores do Oscar.

Como foi? Lembrou-se de algum? Difícil? E olha que são pessoas famosas, não são anônimas não! Mas o aplauso morre, prêmios envelhecem, grandes acontecimentos são esquecidos. Agora tente este outro teste:

– Escreva o nome dos professores que você mais gostava.

– Lembre-se de três amigos que ajudaram você em momentos difíceis;

– Pense em cinco pessoas que lhe ensinaram alguma coisa valiosa.

– Pense nas pessoas que fizeram você se sentir amado e especial.

– Pense em cinco pessoas com que você gosta de estar.

Mais fácil esse teste não?

“As pessoas que fazem diferença na sua vida não são as que têm mais credenciais, dinheiro ou prêmios. São as que se importam com você!”