Ecologia

As autoridades ambientais vêm recebendo inúmeras denúncias de caça ilegal no Vale do Rio Tijucas, Costa Esmeralda, Governador Celso Ramos e Biguaçu. As informações dão conta de que várias “cabanas” foram erguidas em pontos como o Sertão do Trombudo, Valongo, Campo Novo, Oliveira, Moura, Gavião, Timbé, Sorocaba, Itinga, Rolador e em todo o Alto Vale.

Segundo o que foi relatado, a maior incidência é nos finais de semana, quando vem gente de fora, de grandes cidades, caçar de gaiola ou espingardas de fogo. Mesmo com um efetivo pequeno, a expectativa é de que esses locais serão visitados pela Polícia Militar Ambiental e quem for flagrado cometendo esse tipo de crime pode se preparar, porque o rolo é grande.

 

Maior evento do Sul

Cerca de 500 congressistas tem presença confirmada no Congresso Anual da Associação de Jornais de Santa Catarina – Adjori/SC, onde 180 jornais estarão disputando os troféus Pena de Ouro, Prata e Bronze do Jornalismo e da Publicidade e Propaganda.

O evento acontece de 19 a 21 de junho, no Costão do Santinho Resort, em Floripa. O Jornal Razão mais uma vez estará lá, na disputa pelos melhores prêmios.

Torçam por nós!…

Adultos aos 54 anos

A vida começa aos 54 anos para homens. O número bastante preciso foi apontado por uma pesquisa como a idade em que eles finalmente crescem e começam a aproveitar a vida como “adultos de verdade”. O estudo com 1000 homens descobriu que esta era a idade em que eles se sentiam “resolvidos e seguros”, segundo o jornal “Telegraph”.

Ele sugere que os homens levam mais tempo do que as gerações passadas para atingir este estágio, principalmente devido às pressões financeiras e à paternidade adiada. Hoje, dois terços dos bebês nascem de pais com mais de 30 anos, com a média de 32 anos para o primeiro filho nos EUA.

A pesquisa sugere que os homens de 54 anos de idade, como Simon Cowell, Hugh Laurie e Kevin Spacey estão apenas no início de sua vida bem resolvida. Realizado pelo Centro Crown Clinic, em Manchester, o estudo mostra que aos 40, os homens ainda não deixaram para trás suas inseguranças juvenis.

A pesquisa revelou inseguranças que não deixam o homem amadurecer mais jovem, incluindo imperfeições físicas, problemas com dinheiro e solidão. Eles citaram medos como o de não conseguir adquirir a primeira casa, perder o cabelo e estar desempregado.

“Estamos vivendo muito mais e, com os custos de vida aumentando e a paternidade sendo adiada. Homens inevitavelmente levam mais tempo para se sentirem resolvidos”, comentou Asim Shahmalak, da Crown Clinic.

A César o que é de César

Em 1995, com apenas um mês de existência, o Jornal Razão convidou os profissionais da Epagri para a organização e realização de uma Feira de Mudas de Árvores Frutíferas e Ornamentais. Também era parceiro do projeto o Conselho Ambiental Tijuquense (CAT), que tinha como presidente a professora Mirian Nunes Laus.

Para minha surpresa fiquei sabendo que a Administração Municipal quis chutar os 19 anos em que realizamos este evento. Simplesmente botaram no papel que a realização é deles e ponto final.

Só quero dizer uma coisinha: quando a prefeitura começou a participar deste projeto já tinha muita gente saboreando as frutas adquiridas em nossas primeiras edições.

Os esgotos

Nos primórdios desses 20 anos do Jornal Razão fiz uma consideração sobre os esgotos que descem pelo Rio Tijucas do Alto Vale e duas décadas depois volto ao mesmo assunto. Até o final do ano Tijucas terá mais de 70% do esgoto tratado e já tem planejamento para os anos futuros, visando alcançar 100% da área urbana. E como estão os outros municípios?

No meu raciocínio recebemos diariamente a urina, fezes, sabão, detergentes e outros dejetos vindos de parte dos municípios Leoberto Leal, Rancho Queimado e Angelina, bem como os mesmos excrementos produzidos pelos quase 70 mil habitantes de Canelinha, São João Batista, Nova Trento e Major Gercino. Como teremos um rio despoluído se essas cidades não seguirem o mesmo caminho de Tijucas?

Se em duas décadas nada mudou é porque faltou interesse da comunidade e cobrança das autoridades, que pelo visto ainda não entenderam a importância de enterrar canos para tratar os esgotos. Dinheiro o governo tem, mas é preciso projetos.

Recordando

Folhando a edição de número 1 do Jornal Razão, que circulou dia 04 de maio de 1995, encontramos boas lembranças. Nilton de Brito era o prefeito de Tijucas e Neri Martins o presidente da Câmara. A matéria de capa era de um bingo de automóveis realizado no Estádio Tiradentes. Quem ganhou o primeiro prêmio foi um morador do Timbé.

Já naquela época o Sebrae incentivava a modernização das lojas da cidade, a ADEC construía o seu salão de festas, tínhamos um posto de atendimento do IPESC, chefiado pelo vereador Neri Martins. O Leo Clube estava na ativa e desenvolvia várias ações, Portobello e Univali discutiam a criação de um curso superior de tecnólogo, Edson Vilela era o reitor, e na Itinga rolou um festival sertanejo.

Na pauta da primeira edição o Jornal Razão falou sobre uma festa de Páscoa na Nova Descoberta, na Escola Osmário Giacomossi, Hélio Gama era o secretário de Obras e Jorge Steil comandava a Agricultura e os moradores da Rua Nova Trento reivindicavam calçamento. O vereador Guelo pedia que a balsa do Sul do Rio funcionasse até às 18h, o vereador Elmis Mannrich pedia a construção da ponte da Tifa dos Soares, o parlamento municipal solicitava um redutor de velocidade no KM 01 da SC 411, o vereador Edson Bayer já falava na licitação para o transporte coletivo na área urbana, Edemir Camargo cobrava recursos para o término de obras na Escola Valério Gomes e o atual vice-prefeito, na época vereador, pedia que a prefeitura exigisse a limpeza das vias públicas nos locais onde eram realizados eventos abertos ao público.

O empresário e vereador Uilson Sgrott concedeu a primeira entrevista ao Jornal Razão. O gerente do BESC, Irineu Arndt, se despedia da cidade e Dona Tinoca realizava um concurso de bonecas vivas no Tijucas Clube. Em que outro lugar poderíamos resgatar esses acontecimentos se não tivéssemos os jornais impressos para pesquisar?