Edital de convocação

Assembleia Geral Ordinária
O presidente da Sociedade Tijucas Clube, no uso das suas prerrogativas legais, convoca os associados com as mensalidades em dia para a Assembleia Geral Ordinária, a ser realizada nas dependências da entidade, no próximo dia 11 de abril, com primeira chamada às 9h, com 50% mais um dos votantes aptos e segunda chamada às 10h, com qualquer número de presentes.

Ordem do dia
a) Aprovação das contas dos exercícios de 2013/2014 e 2014/2015;
b) Eleição da nova diretoria

Ressalta-se que as chapas para a Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Conselho Deliberativo poderão ser apresentadas até a abertura dos trabalhos, ressalvando-se os dispositivos estatutários, em especial a formação por associados com pelo menos 12 meses de mensalidades quitadas.
Tijucas, em 25 de março de 2015
Leopoldo Barentin
Presidente

Mais uma obra

No próximo mês de maio, se tudo der certo, acontece o lançamento de mais um livro de nossa autoria, em comemoração aos 20 anos do Jornal Razão. O livro é uma coletânea de histórias publicadas pelo Jornal Razão na coluna “Gente que Faz a Diferença”, mostrando bons exemplos de toda a região e enaltecendo a conduta de pessoas que agem pensando na coletividade.
Ainda não sabemos o local e data, nossa ideia seria 04 de maio, data em que foi publicada nossa primeira edição e que coincide com o dia da criação da paróquia de Tijucas, em 1848, mas tudo depende da gráfica. Assim que tivermos a definição repassaremos a informação.

Buchicho

Advogado bem informado garante que novas alas serão construídas em curto prazo no Presídio da Itinga. Por que não aproveitam e já passam a Ferrovia Translitorrânea pelo centro da cidade e trazem os barcos de pesca de Itajaí e Navegantes para o nosso rio?
Afinal de contas, já temos um bário de pólvora, redes de gás e polioduto atravessando nossa cidade, que de quebra serve para passagem de todo trânsito da BR 101 e da SC 410, gente que só abre a janela do carro para cuspir, jogar casca de amendoim e pinhão, saco de batata frita e muitos outros lixos. Isso para não falar dos cavalos soltos, dos cachorros cagões, andarilhos, zumbis e dos malandros que ficam pedindo dinheiros nas sinaleiras, portas de bancos, padarias, etc.
Que saudades da época em que Tijucas tinha homens que iam a Floripa e Rio de Janeiro dar de dedo no nariz de quem desrespeitava a cidade.

Engraçadinhos

Não sou defensor da Farra de Boi, já disse isso milhares de vezes, mas tem horas que a gente perde as estribeiras ao ver como certos órgãos de imprensa distorcem a notícia, querendo imputar culpa a quem não tem. Falo do que aconteceu na semana passada com o seu Geraldo, do CTG Fazenda Eliane, acusado de incentivar e se envolver com a Farra de Boi. Completo absurdo.
Vamos aos fatos: o senhor Geraldo tem um matadouro, rebanhos de gado e vende animais vivos ou mortos. Daí o seu Geraldo vende um boi vivo, que é carregado por um caminhão e transportado para uma cidade vizinha. Quando vendeu ele não tinha a obrigação de saber o que os compradores fariam com o boi. Se foi usado na farra é problema de quem comprou, não de quem vendeu. E acusar o vendedor é a mais pura perda de tempo. Qualquer advogado, por menos experiência que tenha, derruba essa facilmente.
Penso eu que a situação é mais ou menos como a do dono de um supermercado que vende uma faca. O cara que comprou faz uma briga e mata um cidadão. O dono do mercado é o culpado do crime? Isso é conversa pra boi dormir!!!

No limite

O operador de máquinas agrícolas Heron Guarezi, de 31 anos, quer casar e decidiu arranjar uma pretendente “anunciando a si mesmo”. Desde o dia 05 de março um outdoor com a foto dele, em busca de uma “alma gêmea”, está exposto próximo à praia de Mar Grosso, em Laguna, Sul de Santa Catarina.
O extrovertido noivo ainda não sabe quem gastou R$ 560,00 para expor o outdoor durante 20 dias, a uma distância de 30 km de onde reside. Assim, pensa ele, terá mais chances de formar um par de chinelo para os pés descalços.

Procura-se

Encontram-se abertas, até o dia 10 de abril, as inscrições das chapas para compor a nova Diretoria, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal da Sociedade Tijucas Clube. O prazo do mandato é de dois anos, com direito a reeleição por quantas vezes os sócios decidirem. Em principio seria só uma reeleição, porém na alteração do estatuto da entidade, para adequá-lo ao novo Código Civil, a reeleição ficou limitada.
Para concorrer os integrantes das chapas devem ser sócios patrimoniais ou contribuintes do Tijucas Clube, além de estarem com a mensalidade em dia por pelo menos um ano. Quem for sócio e estiver com a mensalidade atrasada pode participar, desde que quite os seus débitos.

Saudades

No dia 12 de fevereiro de 2008, ou seja, há sete anos, faleceu um tijucano que aprendeu a fazer política com o coração. Tijucas perdia Carlos Humberto Ternes, o Bebeto, na época com 46 anos de idade.
Neste próximo sábado, dia 14 de março, se estivesse vivo Bebeto completaria 53 anos de vida. Seu nome está imortalizado na ETA – Estação de Tratamento de Água do SAMAE de Tijucas e na Avenida Carlos Humberto Ternes, a conhecida P2, que se estende do cruzamento com a Rua Geraldo Rebelo, no XV de Novembro, até a antiga Cerâmica Ternes, de propriedade da sua família, na Rua Estevão Caetano Rita, no bairro Joaia.
É desnecessário falar sobre tudo que Bebeto fez e representou para a comunidade tijuquense, basta apenas frisar que deixou bons rastros e muitas saudades.

Campeão mundial

No último sábado, dia 07 de março, a comunidade do Campo Novo recebeu a visita do ex-jogador Lico, que hoje reside em Imbituba, sua terra natal. Lico começou jogando lá, depois foi contratado pelo Joinville e mais tarde foi levado pelo Flamengo, onde se tornou campeão mundial.
Lico veio a Tijucas a convite do seu amigo Alexandre José Ternes, o Xandrinho, com o objetivo de participar de um evento que foi transferido para o dia 11 de abril, no varandão da Sociedade Tijucas Clube. Os detalhes ainda estão sendo acertados, mas em princípio será aberto a todas as torcidas. O ingresso para participar do churrasco custaria em torno de R$ 20,00 por pessoa.
Se vier, Lico trará alguns prêmios para serem sorteados, inclusive camisas autografadas do Flamengo.

Morre José Rico

Faleceu no dia de hoje o cantor José Rico, que fazia dupla com Milionário, morador do interior de São, Paulo, José Rico foi internado pela manhã num hospital de Americana – SP, com complicações cardíacas, nos rins e joelhos. Ele foi internado para exames, mas não resistiu.
No último domingo Milionário e José Rico participaram de um dos últimos programas em rede nacional na TV Record. Na ocasião eles conheceram o filho de um caminhoneiro que possivelmente deu origem a uma música em homenagem a essa classe trabalhista. Eram muitas as coincidências. No documentário a reportagem chegou a apresentar a casa de José Rico, construída num estilo “Castelo”, com 100 quartos. José Rico era um excêntrico.
José Alves dos Santos, de nome artístico José Rico, nasceu em São José do Belmonte (PE), em 20/06/1946. Ele também já morou no Paraná e em São Paulo, onde conheceu o companheiro de dupla Milionário (Romeu Januário de Matos).
A dupla foi formada no início dos anos 70 e se tornou uma das mais importantes da música sertaneja brasileira. Entre as músicas mais conhecidas estão “Estrada da vida”, “Amor dividido”, “O tropeiro”, “A carta” e “Viver a vida”.
Em 2014, José Rico se candidatou a deputado federal em Goiás, pelo PMDB, mas não foi eleito.

Dilma sanciona Lei dos Caminhoneiros sem nenhum veto

Ontem os líderes do movimento em SC fizeram videoconferência com o ministro Rossetto e podem ter audiência nesta terça em Brasília
O jornal O Globo informa que a presidente Dilma Rousseff vai sancionar nesta segunda-feira (2), sem vetos, a nova Lei dos Caminhoneiros. Por meio de nota, o Palácio do Planalto informou que a decisão foi tomada diante da liberação de quase todas as rodovias federais e da redução das manifestações de caminhoneiros. Ontem as lideranças das caminhoneiros tiveram uma videoconferência com o ministro da Secretaria Geral da Presidência, Miguel Rossetto, e nesta terça-feira poderão ir a Brasília para uma audiência com o ministro. O principal impasse está no preço dos combustíveis: os caminhoneiros não abrem mão da redução e a equipe econômica do governo não quer desistir dos reajustes.

A nova Lei dos Caminhoneiros assegura aos profissionais isenção de pagamento de pedágio para eixo suspenso de caminhões vazios, perdão das multas por excesso de peso expedidas nos últimos dois anos e ampliação de pontos de parada para descanso e repouso, informa O Globo. Além disso, a nota informa que o governo vai negociar com o Congresso prorrogação por 12 meses das parcelas de financiamentos de caminhões adquiridos pelos programas ProCaminhoneiro e Finame do BNDES.

Antes do anúncio da Presidência no fim da noite de ontem, Ivar Schmidt, do Comando Nacional de Transporte, um dos líderes da categoria, diz que o governo não atendeu a reivindicações do grupo de caminhoneiros que decidiu manter o bloqueio das estradas, mesmo após o primeiro acordo fechado na semana passada.

Schmidt, que afirma controlar bloqueios nas estradas federais e estaduais em sete estados do país, disse que apresentou ao governo uma pauta com sete reivindicações, sendo uma das principais a criação do preço mínimo do frete.

Governo não comenta

Apesar de o governo se mostrar irredutível em relação à redução do preço do combustível, a categoria aceitou os outros seis pontos e o acordo foi fechado. Mas não foi anunciado pelo governo, como queriam esses líderes.

— O movimento podia ter se encerrado na sexta-feira. Com isso, continua firme e forte, estamos com 120 pontos de bloqueio em rodovias estaduais e federais. Infelizmente, o governo só entende a linguagem da pressão. Política e feijão só amolecem na pressão.

Procurada, a secretária-geral da Presidência não comentou as declarações do sindicalista.